Para os amantes do desenho e das artes plásticas, um lugar onde os alunos do CED Jacob R Pereira se revelam grandes artistas.



domingo, 22 de março de 2009

Turner prodigioso

William Turner, Nuvens escuras, aguarela, 1822


Turner foi um pintor inglês muito reconhecido pelo talento precoce. Aos doze anos, o seu pai colocava os desenhos de paisagem na montra da barbearia, que vendia muito bem. Na época, ainda não tinha sido inventada a fotografia, nem sequer havia postais turísticos para comprar.

Aos 20 anos de idade, o pai de Turner trocou a barbearia pelo atelier do filho, onde se dedicava a preparar as tintas e as telas das encomendas que recebiam.

Turner havia de ganhar muito dinheiro com a pintura de paisagem. Diziam os entendidos que, facilmente transformava o caos em cenas maravilhosas.

Também passava longas temporadas no campo, onde desenvolveu um fascínio pelo céu, pelas nuvens e pelo mar, procurando esboçar imagens de uma natureza divina e atmosférica.

Processo de composição


Luís Peixoto, Paisagem imaginária


Marcos, Paisagem no futuro (projecto)

1 comentário:

luisa disse...

então nada de comentários!!
aqui vai um !!
acho que globalmente estão todos a trabalhar muito bem, parabéns!!
temos de ganhar o concurso!!
mão á obra!!!